terça-feira, 25 de maio de 2010

Veja, Fellini...


C a n s e i de tanto
e chorei meu pranto
no teu jardim.
Pra que tudo isso?
Vou tomar chá de sumiço
e perder-me em mim.
Muito pra nada,
corrida acirrada,
quão é superficial.
Quero o pequeno,
sublime e sereno
ver tornar-se imortal.
sim... quero que a simplicidade faça morada em mim.

LíviaMacedo

3 comentários:

Talles azigon disse...

e desejo tanto a simplicidade fazendo morada em mim, os sentimentos mais lindo são os mais simples

lindo, maravilhoso

abraços de morango

Gaby Soncini disse...

Que lindo *___*

Seu blog é um cantinho muito especial *.*
Estou seguindo também.

Grande Beijo!

Mesksign disse...

não tem como não se emocionar. (=

te amo, amor.

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails